Bloco de apontamentos: o poder da propaganda

Hoje tudo o que não é badalado parece não existir, tal é o poder da badalação sobre a vida das sociedades contemporâneas. Daí que os vários poderes (políticos, económicos, sociais e desportivos), sabendo dessa importância mediática dos acontecimentos sobre os públicos, não deixem por mãos alheias o fator de exposição noticiosa dos seus produtos, iniciativas e ações. Quer seja à escala micro quer macro.

Ler mais....

“Os Amigos do Alheio”

Com quase quatro décadas, existe em Torres Vedras um grupo gastronómico e cultural a que foi atribuído o nome de “Os Amigos do Alheio”. Este grupo teve na sua fundação os amigos António Manuel, da União, também conhecido pelo “Areias”, a que não foi alheio o facto de, enquanto jovem, o António Manuel, infelizmente já falecido, ter sido um exímio jogador de futebol e, atendendo a que nessa época grande parte dos campos de jogos eram carecas, as areias que a bola transportava terem ficado incrustadas no seu couro cabeludo, como se veio a constatar numa radiografia a que foi sujeito.

Ler mais....

Pior que a violência é a sua desvalorização

Os recentes atos de violência praticados por grupos de pessoas organizadas ou até por Estados deviam provocar em nós um sobressalto cívico e ético. Se o terror e a insegurança que a violência espalhou por estes dias, quer em contexto desportivo quer em contexto político, já seriam suficientemente graves para nos fazer pensar enquanto comunidade, a desvalorização deste fenómeno e dos seus efeitos por parte de responsáveis devia obrigar-nos a uma reflexão profunda.

Ler mais....

Bloco de apontamentos: Linha do Oeste

Depois de décadas de naturais expectativas, eis que foi agora anunciado um generoso programa, com a respetiva calendarização, para as tão ansiadas quanto desejadas obras de modernização da linha ferroviária do Oeste, desde o Cacém até às Caldas da Rainha. O início em 2020, 87 quilómetros e 107 milhões de euros são, para já, os números apontados que estão em cima da mesa e envolverão essa tão arrojada e histórica obra, cujas promessas têm década de existência. Pelo que será justíssimo questionar: será desta vez?

Ler mais....

Alerta à Câmara Municipal de Torres Vedras

Ex.mos senhores,venho por este meio expor um historial de um tipo de “decisões” tomadas pela autarquia torriense e sucessivas conclusões, para vossa leitura, análise e reflexão. A 25 de fevereiro de 2014 denunciei o corte “irracional” de cinco plátanos que ladeavam a igreja e convento da Graça, tendo obtido resposta na altura, indicando uma suposta preocupação futura com futuros abates mal planeados e pensados.

Ler mais....

Bloco de apontamentos: pena de morte

As quatro propostas de despenalização da eutanásia lá foram chumbadas, por “uma unha negra”, na Assembleia da República a semana passada. Mas os partidos progenitores dos diplomas (PS, BE, Verdes e PAN) já prometeram que voltarão à carga na próxima legislatura, para fazer aprovar à força as leis que agora não conseguiram.

Ler mais....

Repensar o nosso sistema político

Muito se tem falado e escrito sobre a reforma do nosso sistema político, mas pouco ou nada se tem feito para alterar o “status quo”. Naturalmente que tão hercúlea empreitada não cabe num mero artigo de opinião. No entanto, ousamos deixar aqui algumas, ainda que breves, reflexões.

Ler mais....

Revisitar o passado

De entre uma densa agenda destaco, na semana que terminou a 15, a discussão da Conta Geral do Estado relativa ao ano de 2016. Interrogar-se-ão os leitores sobre a pertinência dessa apreciação tanto tempo depois e o que acrescenta essa discussão. Interessa, pois, esclarecer que essa obrigatoriedade decorre da lei. Até chegar ao Parlamento, a Conta Geral do Estado fez um percurso técnico e político, já mereceu discussão e pareceres nas comissões especializadas que as validam ou sugerem alterações.

Ler mais....

Hipocrisia dos Estados Unidos

Os Estados Unidos da América (EUA) venderam armas à Arábia Saudita no valor de 12.500 milhões de dólares. É sabido que a Arábia Saudita é uma monarquia absoluta feudal. Os seus cidadãos, especialmente as mulheres, estão despojados de quaisquer direitos. Naquele reino não há eleições, não há direitos humanos básicos, tais como a liberdade de expressão, liberdade de reunião, o direito à educação igual para todos, etc…

Ler mais....

Um papa que (me) incomoda

Há pequenos gestos que fazem a diferença. Um abraço pode dizer mais do que um tratado sobre a amizade. Uma presença numa hora difícil pode valer uma vida inteira. Os “amantes” são assim, marcam em cada gesto, e as palavras confundem-se com as ações. O papa Francisco é um homem assim.

Ler mais....

Um agradecimento ao dr. Crespo

Hoje, ao ver o nome do dr. Crespo num artigo do vosso jornal, fiquei mesmo envergonhada por nunca ter escrito um agradecimento, já tardio, a esse grande senhor, médico muito competente e sempre disponível a toda a hora, mesmo para os que nada podem pagar. Ele realmente vê-se que é um símbolo do que devia ser o Serviço Nacional de Saúde, assistência a todos, competente e gratuita, só que aqui ele não recebe de quem não pode pagar.

Ler mais....

FacebookYoutubePicasa

Visitantes

mod_jvcountermod_jvcountermod_jvcountermod_jvcountermod_jvcountermod_jvcountermod_jvcountermod_jvcounter
341
1868
69163
26

Acesso Assinantes