Quatro praias ainda sem vigilância em Torres Vedras

A época balnear abriu oficialmente em Torres Vedras, mas com dificuldades na colocação de nadadores-salvadores em todas as concessões. No concelho português com mais praias sem poluição, ainda não há vigilância nas praias de Santa Rita norte e sul, Porto Novo e Foz.

A Autoridade Marítima alerta para o perigo de se adotarem comportamentos de risco nas zonas sem vigilância e aconselha os veraneantes a adotarem medidas de prevenção e segurança com maior rigor. Enquanto não tiverem vigilância, as praias de Santa Rita e Porto Novo também não podem hastear a bandeira azul.
 

Durante a cerimónia de abertura da época balnear, que se realizou no passado dia 16, na praia da Física, Carlos Bernardes, presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras, assumiu as dificuldades no recrutamento de profissionais, recordando que nesta altura muitos dos jovens credenciados ainda estão a terminar a época de exame “Estamos a trabalhar com a capitania e os próprios concessionários, para que tudo fique restabelecido o mais rapidamente possível”, disse o autarca ao Badaladas.
 

A dificuldade em contratar nadadores-salvadores para as praias não é um problema local, muito menos um fenómeno desta época, e são muitos os fatores que estão na sua origem. Na opinião de Carlos Bernardes, a solução poderá passar futuramente pelo recrutamento de elementos da Marinha, ou de outro ramo das forças armadas, que preencham os requisitos físicos e psicológicos inerentes à profissão. “É uma ideia minha e tenho vindo a batalhar nela há já algum tempo”, disse o presidente.
 

Em Torres Vedras, a época balnear decorre de 16 de junho a 16 de setembro e este ano assinalam-se os 10 anos do projeto Praia Segura, que consiste numa viatura devidamente equipada e uma equipa de dois nadadores salvadores e um elemento da Autoridade Marítima Nacional, que realizam o patrulhamento da costa do concelho, principalmente das praias não vigiadas, durante a época balnear. “Este projeto irá complementar a vigilância nesses locais que ainda estão a descoberto nesta fase”, sublinhou Carlos Bernardes.
 

Torres Vedras é o concelho português com mais praias sem poluição, com sete areais onde não foi detetado qualquer indício de poluição nas análises efetuadas às águas durante as últimas três épocas balneares. As praias do Amanhã, Centro, Física, Mirante, Navio, Pisão e Santa Helena são as areias torrienses que colocam o concelho no topo da classificação nacional.
 

Também 12 praias da costa do concelho receberam este ano a distinção de praias de ouro, da associação Quercus. Recorde-se que todos os anos a Quercus classifica as praias de Portugal com qualidade de ouro, com base na informação pública oficial disponibilizada pela Agência Portuguesa do Ambiente relativamente à qualidade das águas e tendo apenas em consideração as análises efetuadas por essa entidade.

Em Santa Rita Norte, Santa Rita Sul, Navio, Mirante, Pisão, Física, Santa Helena, Centro, Formosa, Azul e Porto Novo vão também poder exibir as bandeiras azuis.
 

Carlos Bernardes acredita que “estão reunidas todas as condições para uma boa época balnear”, num dia em também foi assinalado o fim das obras na praia da Formosa, agora devolvida aos veraneantes. De acordo com o autarca, ainda decorrem intervenções na praia Azul, embora estejam condicionadas durante a época balnear, “mas no fim do ano estarão terminadas”, garantiu.

Ler mais....

Quatro praias ainda sem vigilância em Torres Vedras

A época balnear abriu oficialmente em Torres Vedras, mas com dificuldades na colocação de nadadores-salvadores em todas as concessões. No concelho português com mais praias sem poluição, ainda não há vigilância nas praias de Santa Rita norte e sul, Porto Novo e Foz.

Ler mais....

Dois Portos recebeu recriação histórica da primeira feira de Torres Vedras

Foram certamente mais de 500 as pessoas que no passado dia 16 passaram pela Feira do Casal S. Pedro, em Dois Portos, uma recriação história daquela que é considerada a primeira feira de Torres Vedras e que está na génese da Feira de São Pedro.

Ler mais....

Reencontro emotivo de antigos alunos e professores do Externato de Penafirme

Quatro anos depois do último grande encontro, seminaristas da década de 60 e 70, alunos, professores e funcionários do externato de Penafirme entre os anos 75 a 89, voltaram a confraternizar à mesma mesa.

Ler mais....

Sogro mata genro no Furadouro

No Furadouro um homem de 88 anos matou a tiro de caçadeira o genro na noite desta sexta-feira, 6 de julho. A vítima teve morte imediata. De acordo com o Correio da Manhã, o homicida, que usou uma caçadeira para cometer o crime, foi detido pela GNR no local. Investigadores da Polícia Judiciária foram chamdos ao local. Desconhecem-se os motivos do crime.

(FOTO: Correio da Manhã)

Ler mais....

Incêndio nas Palhagueiras envolveu nove viaturas e um meio aéreo

Deflagrou na tarde deste domingo, 8 de julho, na zona das Palhagueiras, um incêndio florestal que envolveu nove viaturas e 27 bombeiros da corporação de Torres Vedras, apoiados no combate às chamas por um helicóptero. O alerta foi dado às 15h50 e uma hora depois já estava dado como "em resolução" pela Autoridade Nacional de Proteção Civil.

(FOTO: Joaquim Ribeiro)

Ler mais....

GNR demantela rede de tráfico de droga em Torres Vedras

O Comando Territorial de Lisboa, através do Núcleo de Investigação Criminal de Torres Vedras, deteve quatro pessoas por tráfico de estupefacientes.

Ler mais....

Incêndio na Feira de São Pedro

Na última quarta-feira, 4 de julho, foi registada uma ocorrência de incêndio na zona de restaurantes da Feira de São Pedro. Os bombeiros de Torres Vedras deslocaram para o local seis viaturas e 20 homens. O alerta foi dado às 21h42 e às 23h estava já dado como resolvido.

(FOTO: Eunice Francisco)

Ler mais....

FacebookYoutubePicasa

Visitantes

mod_jvcountermod_jvcountermod_jvcountermod_jvcountermod_jvcountermod_jvcountermod_jvcountermod_jvcounter
1928
3434
39209
29

Acesso Assinantes